Tô Enrolando…

23 09 2008

Como todo mundo sabe, resolvi seguir uma ordem cronológica neste blog. Uma forma interessante dos leitores perceberem como as viagens fazem parte da minha vida, e o porquê eu considero viajar um combustível para mim, uma forma de recarregar minhas energias.

Quando fui pra Dinamarca, em julho de 1994, a internet era uma novidade desconhecida pela maioria dos brasileiros. Graças a meus amigos que faziam curso técnico de Processamento de Dados na Escola Técnica de Montes Claros, eu já tinha familiaridade com internet, BBS, mIRC e coisas dos primórdios virtuais. Eu e eles e meia-dúzia de gatos pingados. Mais ou menos o que hoje é a tecnologia 3G.

Em 1994, celular era do tamanho de um telefone fixo sem fio, o famoso “tijolão”, e quem tinha falava aos berros para mostrar o brinquedinho. Mais ou menos o que acontece hoje com quem tem Nextel, e deixa todo mundo a par das suas conversas rádio-telefônicas.

14 anos atrás a máquina fotográfica digital ainda nem tinha chegado ao Brasil, pelo que me lembro. Ou era algo inatingível, caríssimo, coisa de quem tinha viajado pra Disney e trazido pra tirar onda. Não era como hoje, que qualquer celularzinho sem-vergonha tem câmera, todo mundo tem sua página no Orkut com mais de 200 fotos expondo todos os tipos de situação, interessantes e esdrúxulas.

A tecnologia parece ser democratizante, pelo menos na comparação com minha adolescência pré-descoberta do mundo. Todo mundo hoje sabe o que é, e muita gente tem acesso a internet, celular, câmera digital.

Tudo isso pra falar que eu tô demorando a postar novos textos porque todas as fotos que tenho da Dinamarca estão em papel, e precisam ser transportadas para meios eletrônicos. Estou pensando se tiro fotos digitais das fotos ou se compro um scanner e digitalizo as benditas. E isso está me bloqueando para escrever novos posts, pois acredito que, daqui pra frente, as fotos serão complementos fundamentais para meus textos.

Afinal, o objetivo desse blog é compartilhar minhas experiências de viagens, e as fotos dizem muito do que vi pelo mundo. Além do que, já recebi reclamações diversas sobre a falta de imagens no blog.

Assim, vou resolver isso a tempo de não perder a audiência!