Sempre em frente!

28 07 2008

Vegvisir (veja o caminho) é a “bússola” viking. Uma runa de proteção, derivada de Ægishjálmr – o elmo de Awe – o símbolo de proteção mais popular da era viking.

Vegvisir tem o poder de proteger as pessoas que viajam por águas desconhecidas, e deve ser desenhado com seu próprio sangue em um pedaço de couro. Antes de sair para as jornadas, deve ser pressionado na testa, entre os olhos, para que o viajante não se perca no seu caminho.

Folclore e superstições à parte, me identifico muito com esse símbolo. Primeiro porque sou  um viajante de águas desconhecidas, segundo porque sou um admirador da cultura viking.

Assim, nada melhor do que batizar o blog com a proteção dos deuses nórdicos.

Anúncios




Dirijam-se ao portão de embarque

23 07 2008

Sempre pensei em escrever um livro, mas não sabia por onde começar. Tentei escrever uma história qualquer, mas perdia a linha de pensamento, ou começava a ficar muito enrolado, e nunca  tinha continuidade. Não vingou!

Descobri que tinha talento para histórias curtas: contos, crônicas… faltou inspiração, faltou paciência, faltou dedicação, faltou perseverança.

Eis que me tornei um viajante, a trabalho e a lazer. E um dia resolvi compartilhar minhas impressões dos lugares novos que eu conhecia com meus amigos e família, que não podiam viajar comigo. Escrevi um e-mail, com um texto bem leve, contando o que tinha visto: pessoas, arquitetura, costumes, comidas. Logicamente um texto cheio de pontos polêmicos, pois eu não queria escrever um guia de viagem, mas aquilo que senti e pensei enquanto conhecia um novo lugar.

E não é que eles gostaram? Me incentivaram a continuar escrevendo meus relatos sempre que viajasse, e a idéia do livro voltou a rondar meus pensamentos. Mas teria eu dedicação e material para escrever um livro?

Veio, então, a idéia de dividir minhas histórias em um blog, democrático, acessível, interativo. E para tentar ter assunto por muito tempo, contarei histórias de cidades, de regiões ou de países visitados, dependendo da quantidade de assunto que eu tiver pra falar de cada lugar. Claro, tudo isso acompanhado das devidas fotos e indicações.

E de vez em quando um texto qualquer, para amenizar, para dividir uma opinião, para mudar de assunto…

Vamos ver no que vai dar?

Boa viagem!!!