Bruzubruzu

30 07 2009

Durante meu intercâmbio na Dinamarca, além de viajar por todo o país, também tive a oportunidade de conhecer outros locais da Europa.

A primeira viagem internacional foi para a Polônia. Como já havia dito antes, a minha mãe dinamarquesa fazia aulas de polonês, e por isso trocava correspondências com algumas famílias do norte daquele país. Aproveitando a sua vontade de conhecer pessoalmente seus amigos, a minha vontade de conhecer vários lugares e uma semana de férias em outubro, decidimos passear.

Viajamos com o carro da família, e pegamos o ferryboat no finalzinho da tarde até Sassnitz, na Alemanha. Por volta da meia-noite, pegamos a fila para verificação de passaportes para cruzar a fronteira, que correu tudo bem. Continuamos madrugada adentro até Wejherowo, a cidade que nos serviria de base no norte da Polônia por aquela semana.

Família da Hanja

Família da Hanja

Fomos recepcionados pela família da Hanja (lê-se Ania) com um saboroso café-da-manhã com ovos mexidos, bacon e chá. Depois fomos para o apartamento emprestado em que iríamos ficar naqueles dias, para descansar um pouco da viagem cansativa. Na parte da tarde, passeamos um pouco pela cidade, que estava muito colorida por causa da mudança das folhas do outono, e à noite voltamos para a casa da Hanja para jantar. Nada de especial, a não ser uma tradição polonesa que conheci naquele momento: como entrada, eles servem o caldo da carne que será servida como prato principal. Tá certo, é bem gorduroso, mas é delicioso!

Catedral de Wejherowo

Catedral de Wejherowo

Outono em Wejherowo

Outono em Wejherowo

Wejherowo tem cerca 48 mil habitantes, e fica a uns 45 km de Gdansk, a capital da Pomerânia, e que juntamente com Gdynia e Sopot formam a região conhecida como Tricidade, com mais de um milhão de habitantes e uma das mais importantes do país. A maior experiência foi constatar as imagens que temos de um país do leste europeu: as pessoas bem fechadas, porém dispostas a te ajudar de alguma forma. Como estava frio, todo mundo bem agasalhado, com roupas de cores simples, como preto e marrom. As casas também são simples, sóbrias, parecidas umas com as outras. A família da Hanja era típica fazendeira polonesa, dona de uma granja que recolhia uma média de 5000 ovos por dia.

Na cidade fomos a um Mercado das Pulgas, Bazar da Pechincha ou algum nome parecido – uma praça com barraquinhas vendendo de tudo, desde boinas com a estrela soviética e medalhas da guerra a roupas e comidas. Comprei uma caneca que tinha um desenho bem familiar por aqui: pasmem, o Cebolinha, aquele da Turma da Mônica, andando de skate!

Mercado de Pulgas em Wejherowo

Mercado de Pulgas em Wejherowo

Outros pontos interessantes da visita foram uma Usina Nuclear transformada em Usina Hidrelétrica e uma missa numa Igreja Católica na terra do papa. Conhecemos também a cidade de Gdynia, onde experimentei os originais Strogonoff de carne e o Goulasch.

Monumento ao Sindicato Solidariedade em Gdynia

Monumento ao Sindicato Solidariedade em Gdynia

Mas o ponto alto da viagem foi a cidade de Gdansk, o berço do sindicato Solidariedade do Lech Walesa, ou seja, o berço da redemocratização do país após a derrocada do comunismo. Foi como uma viagem na história, saber tudo o que aconteceu ali naquela cidade, a luta contra o comunismo, a localização estratégica nas duas guerras mundiais, as destruições e reconstrções. Nada como um bom guia de turismo num lugar como esses!

Grupo de turistas em Gdansk

Grupo de turistas em Gdansk

Gdansk

Gdansk

Vista Panorâmica de Gdansk

Vista Panorâmica de Gdansk

No caminho de volta para a Dinamarca, paramos para almoçar com amigos poloneses na cidade de Slupsk e jantar com outra família conhecida em Koszalin, antes de viajar madrugada adentro até o porto alemão de Sassnitz, nosso ponto final nessa viagem.

Já ia me esquecendo de explicar o título: tenho uma amiga que mora em Londres, lugar onde tem muito imigrante polonês. Ela me diz que é muito fácil reconhecer um, pois quando eles conversam a única coisa que você entende é isso: bruzubruzu. Achei fantástica a descrição, e um ótimo título para falar sobre a Polônia.

Anúncios

Ações

Information

2 responses

31 07 2009
leandrowirz

bruzubruzubomtítuloboasfotosbomtextobomblogbruzubruzu

3 08 2009
Luciana

Oi Hernani!
Andou sumido! Ficamos com saudades…
Algumas fotos deste post não subiram, ou pelo menos não deram link para serem vistas aqui do meu computador… :o(
O pessoal mandou para você o link do churrasco da nossa turma?
Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: